Fake News na História e na Atualidade

Fake news na história e na atualidade

O mundo atual, carregado de novas tecnologias e um aparato midiático, chegou para facilitar a vida das pessoas no dia a dia. São milhares ou milhões de aparelhos que transformam a vida das pessoas mais fáceis como as inovações feitas por celulares ao longo das últimas décadas, em especial nos últimos 10 anos. Com ele fazemos desde simples ligações até complicados investimentos bancários, não só isso, mas também receber vídeos em tempo real e notícias fresquinhas que acontecem em qualquer ponto do mundo.

Da mesma forma que os aparatos tecnológicos surgiram para facilitar a vida das pessoas, a História nos mostra que não é de hoje que fatos e boatos podem mudar o curso de uma determinada situação. Vejamos então duas entre as várias notícias que mudaram o curso da história

  • Segunda Guerra Mundial:

“O Exército Fantasma (americano) empregou centenas de tanques, caminhões, itens de artilharia, jipes e outros veículos infláveis.

Esses objetos podiam ser reposicionados da noite para o dia, fazendo parecer que as tropas americanas haviam se movimentado.

A atenção aos detalhes era algo crítico: usava-se uma escavadeira para criar marcas no chão como se fossem rastros dos tanques falsos.

Era preciso tomar cuidado para que civis não chegassem muito perto, como certa vez quando dois franceses em bicicletas conseguiram ultrapassar a barreira de segurança e viram o que pareciam ser quatro soldados levantando um tanque de 40 toneladas.

Quando o cabo Arthur Shilstone foi mandá-los embora, deu a primeira explicação que lhe veio à mente: “Os americanos são muito fortes”.”

  • Plano Cohem

No governo de Getúlio Vargas no período ditatorial (1930 e 1945) estava previsto eleições para presidente da república em 1937, porém não houve. Havia nesse período grupos que apoiavam o presidente (Integralistas) e grupos de oposição (Comunistas) que almejavam derrubar o governo e chegar ao poder. Como seria possível a chegada dos comunistas ao poder? Através do Plano Cohen.

“O Plano Cohen foi uma suposta tentativa de tomada do poder por parte dos comunistas, em 1937. Ele foi denunciado por Vargas pela rádio e foi utilizado como justificativa para o golpe de Estado que instalou a ditadura do Estado Novo, em 10 de novembro de 1937. Anos depois, comprovou-se a falsidade do plano e que sua real intenção era servir de justificativa para Getúlio Vargas instalar uma ditadura no Brasil.”

Atualmente as notícias falsas ou “fake news” são cada vez mais usadas e devastadoras. Elas circulam nas mídias sociais e na Internet e desencadeiam uma propagação extremamente rápida, podendo chegar em poucas horas há milhões de pessoas devido ao seu poder de compartilhamento instantâneo. Como exemplo maléfico dessa propagação de notícias falsas, podemos citar a morte de uma dona de casa no litoral paulista, no Guarujá, que foi assassinada brutalmente a socos, ponta pés, pauladas entre outras após ser confundida com uma sequestradora de crianças e compartilhada sua imagem nas redes sociais. Pronto, o estrago estava feito, após o compartilhamento, em poucos minutos a imagem dela fora divulgada e a mulher foi linchada.

A “fake news” está presente no nosso cotidiano nos mais diversos assuntos, vida pessoal, profissional, política entre outros causando uma destruição muito grande na sociedade. Mas como combater esse problema tão grande do século XXI? Uma das formas é não divulgar, não replicar notícias sem ao menos conferir se realmente elas são verídicas. Hoje há sites que checam para verificam se a notícia é realmente verídica ou não. Outra forma é denunciar as pessoas que criam notícias falsas e as divulgam. Essa situação está prevista em nosso código penal e a pena vai desde multas e indenizações até quatro anos de prisão.

E você, como pode ajudar no combate às “fake news”?

https://www.bbc.com/portuguese/internacional-42791949

https://brasilescola.uol.com.br/historiab/plano-cohen.htm

Escrito por Profº Luciano Tozzo

Revisado por Profª Solange Chagas

Endereço:

Rua São Leonardo, 108
Freguesia do Ó - SP

Telefone:

(11) 3977-8992

E-mail:

faleconosco@colegiomesquita.com.br

Protocolo de Segurança